BCAA: Cápsula, pó ou tablete, qual o melhor? Aprenda aqui as diferenças

BCAA-Po-Caps-Tabs

A escolha de um bom suplemento faz toda diferença no ganho de massa muscular. Por isso trouxemos informações importantes sobre o BCAA e suas principais diferenças entre pó, cápsula e tablete. Anote as informações e escolha o melhor para as suas necessidades.

Conhecendo mais sobre o BCAA.

O BCAA ou Branched Chain Amino Acids são aminoácidos essenciais compostos por:

  • Leucina
  • Isoleucina
  • Valina
  • É indicado em casos de atividade física intensa onde nem sempre é possível obter todos os nutrientes necessários para o organismo somente através da alimentação. Ter os nutrientes em quantidade adequada garante que seu organismo não retire do tecido muscular a energia que precisa prevenindo assim a perda de massa magra e flacidez.

    Os benefícios do suplemento.

  • Ele reduz o catabolismo e favorece a produção de proteínas para o ganho de massa muscular;
  • Colabora para a recuperação muscular após o treino;
  • Estimula a produção de insulina. Quanto maior a quantidade de insulina melhor será a absorção dos aminoácidos presentes no suplemento e melhores serão os resultados para o ganho de massa muscular;
  • Aumenta os níveis de serotonina que é o hormônio do bem estar e que previne a fadiga durante a atividade;
  • Reforça o sistema imunológico, diminuindo o risco de lesões durante a atividade física. O que é melhora no desempenho durante o treino.
  • As contraindicações do Suplemento.

    As contraindicações do suplemento ficam por conta do excesso. Isso porque em grandes quantidades o BCAA pode levar à sobrecarga renal trazendo prejuízos à sua saúde.

    Qual a diferença entre o BCAA em pó e em cápsulas?

    Este suplemento pode ser encontrado em cápsula, pó e tablete. As principais diferenças estão:

  • A forma de apresentação: São feitas para atender as necessidades individuais de cada um. Têm pessoas que não conseguem engolir cápsulas, outras não suportam o sabor do pó.
    É aí que entra o BCAA em tablete (mastigável) que tem uma variedade de sabores de frutas agradável a qualquer paladar.
  • A quantidade: Cada forma de apresentação do suplemento tem uma gramagem. Veja:
    – Em cápsula: Tem de 500 a 900 mg.
    – Em pó: Você controla a dose. Consequentemente a quantidade a ser consumida vai depender da sua necessidade.
    Normalmente se usa 5 gramas do suplemento no pré-treino e 5 gramas no pós-treino. Vamos supor que você precise de 10 gramas dia e tenha como opção as cápsulas, então você irá precisar de 20 cápsulas = 10000mg = 10 gramas de BCAA para alcançar a gramagem diária recomendada.
  • A absorção: Um ponto muito importante para bons resultados na atividade física é o nível de absorção dos suplementos.
    Quanto mais rápida a absorção melhor. Pensando nisso a forma mais indicada é o BCAA em pó, ele tem uma absorção bem mais rápida em relação às cápsulas e os tabletes.
  • A quantidade de aminoácido leucina: Entre os aminoácidos presentes no suplemento a leucina é a que mais contribui para a construção muscular.
    Por isso na hora da compra você deve decidir pelo suplemento que tem uma maior proporção de leucina. Para isso a dica é verificar sempre o rótulo que normalmente vem com descrições como: 8:1:1 ou 10:1:1 e assim por diante.
  • O que pode contribuir para potencializar os efeitos do suplemento?

    Alguns nutrientes e vitaminas melhoram a resposta do seu organismo ao consumo do suplemento como:

  • Cromo: O picolinato de cromo aumenta a eficácia da insulina. Como já citamos a insulina é um hormônio essencial para a construção muscular;
    O cromo favorece a produção de proteínas do corpo, além de promover a absorção dos aminoácidos pela corrente sanguínea.
    Ele também diminui o catabolismo das proteínas pelo corpo dentro das células. Agora não faltam motivos para incluir o consumo do cromo juntamente com suplemento na sua rotina diária não é mesmo?
  • Vitamina B6: As vitaminas B6 exercem um papel essencial no metabolismo dos aminoácidos, portanto, os praticantes de atividade física intensa que tem as suas necessidades nutricionais aumentadas precisam de uma quantidade maior desta vitamina no corpo.
    A quantidade de aminoácidos transportada para o interior das células depende diretamente da quantidade desta vitamina no organismo.
  • Biotina: A biotina contribui ativamente para a produção de proteína e para a formação de glicogênio.
  • E então? Agora que você já sabe tudo sobre este suplemento já escolheu qual o melhor para você entre cápsula, pó ou tablete? Existem diversas opções disponíveis clicando aqui.

    A dica de ordem é: Independente do tipo de suplemento que você escolher é importante conciliar o consumo com uma alimentação equilibrada e uma boa hidratação, assim alcançará os melhores resultados.

    Se este post te ajudou de alguma forma não deixe de compartilhar com todos a sua volta.

    Escrito por: Michelle C. L Dos Santos, Nutricionista.